Com uma abordagem humana e integrativa, o Retiro de Inverno promovido pelo Simplesmente Yoga, coordenado por Marco Schultz, apresenta ensinamentos, vivências e práticas com ênfase no desenvolvimento humano integral e no autoconhecimento.

O Retiro de Inverno, realizado na Montanha Encantada entre os 20 e 27 de julho, é um retiro para os participantes do curso de Formação e Aprofundamento em Yoga e Meditação, realizado pelo Simplesmente Yoga, que acontece em formato intensivo, durante o mês de julho, em Santa Catarina.

O Simplesmente Yoga trabalha com uma metodologia vasta, plural, integral e integrativa. Segue as tradições orientais, do Yoga e, apresenta também outras ferramentas contemporâneas da cultura ocidental, conforme explica o coordenador Marco Schultz. Ele destaca que a ênfase está na percepção, em um lugar de autorreferência, onde as pessoas possam “vivenciar o Yoga”.

Marco Schultz esclarece que a maioria das pessoas que participam do curso de formação e aprofundamento, cerca de 80%, querem apenas “se trabalhar”, sem ter necessariamente um objetivo profissional de trabalhar com Yoga. Ele elucida que o curso é uma proposta de investigação, onde os participantes encontram o Yoga na vida.  “O que acontece que nessa caminhada de autoconhecimento, muitos encontram o seu “Dharma” e sentem a necessidade de servir, de transbordar”, revela. Por isso, muitos acabam se tornando professores e facilitadores.

Marco Schultz é formado em educação física, ciências de exercício e letras, pela Califórnia State University, em San Diego (EUA). Trabalha com Yoga e Meditação desde o começo da década de 90, na Espanha e nos Estados Unidos. No Brasil, viaja ministrando cursos, retiros e satsangs, encontros com meditação, canto de mantras e ensinamentos de temática espiritual.

Ele explica que sempre teve uma natureza de buscador, graças a referência familiar, que já possuía uma cultura religiosa, espiritual, em busca do autoconhecimento. Encontrou como facilitador de Yoga seu propósito de vida, numa caminhada que já dura aproximadamente 30 anos. “Minha natureza é de peregrino, busco encontrar Deus em Tudo e em Todos”, destaca.

Marco lembra do seu primeiro encontro com Yoga, no final da década de 80. Na época vivia e estudava nos EUA, era atleta de Triathlon e, após uma lesão, conheceu o Hatha Yoga, por intermédio de um mestre de artes marciais, que praticava Yoga. “Tive uma boa influência logo de cara”, garante.

Em sua vivência interna, Marco destaca que sempre teve uma expressão devocional, e para ele o canto dos nomes de Deus é “essencial e indispensável”. Ele produziu o DVD “Yoga Básico” e a coleção de CDs “Simplesmente Satsang”. É também coprodutor do filme “Eu Maior”.

Todos os anos, Marco Schultz também viaja com grupos, de aproximadamente 20 a 30 pessoas, por peregrinações para Israel, Índia e para os Andes e Machu Picchu. Marco viaja extensivamente pelo Brasil e pelo Mundo, mas, sua base acaba ficando entre São Paulo e Florianópolis, onde acontecem a maioria dos cursos.

Os retiros organizados na Montanha Encantada, acontecem duas vezes no ano, no carnaval, retiro aberto; e em julho, no retiro de inverno, destinado aos participantes do curso de formação e aprofundamento. Marco Schultz lembra com carinho o primeiro retiro realizado na Montanha, em 2003, numa relação que ele considera “muito bacana e duradoura”, afinal são 16 anos.

Ele destaca que os retiros realizados na Montanha, são uma soma do seu trabalho, com o espaço da Montanha Encantada, que proporciona essa possibilidade de relação com a natureza e a vivência do Yoga. Para ele a Montanha Encantada possui um ambiente especial. “Aqui me sinto em casa”, comenta.

Outro destaque feito por Marco Schultz é que todas as pessoas que ele traz para a Montanha Encantada, acabam criando um vínculo com o Centro de Yoga, o que considera muito legal. “Todos os retiros que organizamos aqui preenchem todas as inscrições, ocupando toda a estrutura da Montanha, com aproximadamente entre 65 a 90 pessoas sempre”.

O Retiro de Inverno de 2019 não foi diferente e deixou a Montanha Encantada praticamente lotada. Além de Marco Schultz o retiro realizado na Montanha conta com uma equipe de assistentes; professores convidados, especialistas em diversas áreas e ainda; um grupo de voluntários.