Conheça o dia a dia e os conteúdos do curso de formação profissional em Yogaterapia

Texto e fotos Ricardo Casarini

Quase 20 pessoas vindas de diferentes regiões do Brasil participaram do curso de formação profissional em Yogaterapia, realizado no Centro de Yoga Montanha Encantada, entre os dias 26 de abril a 15 de maio. Este ano, 2019, foi a primeira vez que o curso foi realizado no formato de imersão, em 20 dias consecutivos. Até o ano passado o curso acontecia em dois módulos separados.

O curso de formação apresenta uma programação bastante diversificada, com aulas vivenciais e teóricas que abordam o Yoga como prática para a saúde. Diariamente os alunos participam de uma programação muito intensa, que começa nas primeiras horas da manhã, com uma prática de Yoga, e vai até o final do dia. Em dias variados também acontecem práticas e vivências noturnas.

site 1-01

A equipe do curso é formada pelos professores Joseph Le Page, co-fundador da Montanha Encantada; Carol Langowisk, professora de Yoga; Suzana Joffily Cruz, professora e psicóloga e Karin Silberg, fisioterapeuta e educadora; além dos assistentes Flavia Pracidelli Dalla Costa e Mari Delta Rollin. Ainda participam da formação vários professores convidados de diferentes especialidades, como medicina, meditação e ayurveda.

A rotina diária da imersão começa às 6h30min com uma prática de Yoga, que cada dia era oferecida por um dos professores. As práticas da manhã sempre tinham temas específicos, que acompanhavam o conteúdo das aulas, como prática dos cinco Koshas, práticas do projeto Coração Saudável, sobre os cinco elementos, oito angas, emoções, ayurveda e meditação.

DSC_6309

Durante a formação, o conteúdo é apresentado e estudado em profundidade com especialistas das áreas. O professor Joseph Le Page ministra aulas de filosofia e psicologia, apresentando a base do Yogaterapia, que se ancora nos cinco Koshas; a professora Carol oferece as aulas de movimento saudável, organizada através de uma abordagem de anatomia, fisiologia e cinesiologia, instruindo aos participantes ao olhar para seu corpo físico como seu próprio laboratório; já a professora Karin ensina sobre os sistemas corporais e condições de saúde; e a professora Suzana é responsável em apresentar a metodologia de trabalho da Yogaterapia.

Depois do café da manhã, diariamente acontecem as aulas de metodologia em Yogaterapia. A professora e psicóloga Suzana Joffily Cruz, responsável por essa disciplina, explica que todo o trabalho de Yogaterapia está baseado nos cinco Koshas, ou as cinco camadas, ou corpos, que existem nos seres humanos, que são o corpo físico, energético, psicoemocional, de sabedoria e de bem-aventurança. Um dos objetivos da Yogaterapia é justamente equilibrar esses cinco corpos.

Trabalho baseado a partir da luz do Yoga

DSC_5531Suzana explica que o Yoga é uma ciência que busca reconhecer a anatomia sutil, que amplia a perspectiva da vida e aumenta a consciência através da experiência. Segundo ela, o caminho do Yoga é o da evolução.

A professora e psicóloga destaca que a Yogaterapia é uma especialidade da Yoga Integrativa que é um método que procura agregar diversas ferramentas e considera todas as experiências dos praticantes, que podem ser incorporadas em suas práticas, como por exemplo, as experiências profissionais e os estudos.  De acordo com a professora o mais importante é se ter um conhecimento dos fundamentos do Yoga, que são elucidados no Yoga Sutras de Patanjali, que apresenta como o objetivo primordial da prática a iluminação.

Durante as aulas de metodologia, a professora apresentou todos os detalhes para a atuação como Yogaterapeuta, que vai desde um levantamento minucioso da condição de saúde da pessoa, até a organização de uma sessão parecida como uma aula de Yoga, que pode ser organizada individualmente ou em grupos.

O Yogaterapeuta pensa seu trabalho a partir da luz do Yoga, baseado nos cinco Koshas, na anatomia sutil, nos sete centros de energia, nos movimentos corporais e nas emoções. Os doshas do ayurveda também são considerados na realização do trabalho, assim como a filosofia Samkhya. “Tudo se baseia no equilíbrio do corpo”, explica Suzana, destacando que todos os procedimentos organizados em uma sessão levam em consideração todos esses elementos.

Uma sessão de yogaterapia apresenta uma variada gama de ferramentas, como pranayamas, asanas, mudrás e afirmações. A professora destaca que o “sutil precede o denso”, portanto a maioria das doenças tem uma origem comum, que é algum desequilíbrio. Segundo ela, tudo começa no sutil e a “cura é um evento auspicioso que pode acontecer ou não”.

site2-01Suzana explica o trabalho com Yogaterapia é um aprendizado constante, um método que organiza sessões com um menu de ferramentas que servem para definir em que direção a pessoa será levada. Ela comenta que quase sempre oferece “um pouco do que a pessoa quer e um pouco do que ela precisa”. A Yogaterapia busca levar o equilíbrio com segurança, atenção e acolhimento. Durante as sessões a pessoa que recebe a terapia descobre por si mesma o autocuidado e auto cura. Fortalece a consciência corporal e vai limpando o corpo de uma forma que a pessoa passa a se perceber a partir de dentro.

A professora explica que é feito uma investigação profunda e constante, onde a pessoa passa a entender as qualidades que precisa cultivar para evoluir. Ela explica que é importante perceber o que nutre o corpo e ajuda a equalizar a energia. “Um trabalho de observação da vida, onde tudo vai ficando mais claro e mais fácil”, comenta.

Suzana elucida que as pessoas que recebem o atendimento em Yogaterapia são chamados por eles de “Faz-cientes”, pois o terapeuta serve apenas como um guia, que vai orientá-lo para descobrir e seguir seu próprio caminho. É um trabalho que necessita muita investigação, cuidado e aceitação, mas a visão está sempre focada no “Eu maior”, como defende Suzana.

Como conclusão do curso de formação profissional em Yogaterapia, todos os participantes organizaram sessões de atendimento individual em Yogaterapia, que foram oferecidas entre eles, no último dia do curso.