Unificando as Definições de Yoga

 O significado do Yoga não cabe em uma única definição, mas sim em várias definições interrelacionadas, que se unem para formar uma visão do Yoga muito além de palavras e conceitos. Juntas, essas definições formam uma mandala, um círculo de conhecimento, que inclui e transcende os vários tons de significados do Yoga, e que nos guia à sua essência: a verdade de nosso próprio Ser que é simultaneamente a verdade de toda a Criação, a qual palavras podem até explicar, mas jamais conseguirão expressar completamente.

Yogaḥ saṁyogaḥ – Yoga é União

ação, ao ar livre, astronomiaA raiz sânscrita da palavra Yoga é yuj, que significa “unir-se”. Existem muitos cognatos para a palavra Yoga nas línguas indo-européias, como “yoke”, em inglês, ou “conjugar”, no português, que também significam “unir”. O conceito de Yoga como união engloba uma ampla gama de significados, cada um dos quais contribui para o entendimento do Yoga como um todo. O significado final de Yoga como união é a junção da alma individual, Atman, com o Eu Universal, Brahman, que é a compreensão de que o objetivo primordial da jornada de vida de cada indivíduo é a união com o seu Ser Real, que é ao mesmo tempo o Ser Universal e a Fonte da Criação.

 

Começamos essa jornada de união no nível mais palpável: a união com o nosso próprio corpo. Embora nos relacionemos com o corpo como “eu” e “meu”, nosso relacionamento muitas vezes carece de profundidade ou intimidade real. De fato, nosso corpo é frequentemente tratado como um objeto ligeiramente estranho, usado pela personalidade cotidiana em sua busca por sobrevivência, reprodução e hierarquia social. Através do Yoga em geral, e através das técnicas do Hatha Yoga em particular, nos unimos completamente ao nosso corpo, otimizando o seu funcionamento e transformando-o em um veículo apropriado para a jornada de união com o nosso Ser Real.

 

Essa união com o corpo serve como base para nos unirmos à nossa respiração, através do pranayama, a ciência da respiração yoguica. À medida que desenvolvemos o domínio sobre a nossa respiração, equilibramos o sistema nervoso, reduzindo estresse e cultivando equanimidade, o que serve como um alicerce para a nossa jornada de união com o nosso Ser Real. A união com a respiração naturalmente desperta a consciência para o nosso corpo de energia sutil, uma dimensão expansiva do nosso ser que transcende completamente nossos pensamentos, sentimentos e crenças cotidianas, afrouxando, assim, a nossa rígida identificação com a personalidade.

 

A união com a nossa respiração e com o nosso corpo de energia sutil cultiva uma expansividade em nosso ser psicoemocional, que nos permite olhar para ele com mais abertura e objetividade. Por fim, passamos a enxergar a mente cotidiana, manas, não mais como a nossa verdadeira identidade, mas como um lugar onde os padrões limitantes de pensamentos, sentimentos e crenças habitam. O primeiro passo para a liberação desses condicionamentos é nos unirmos a eles profundamente de modo a tomar consciência de como eles causam sofrimento e limitação. Através de uma maior intimidade e consciência do nosso ser psicoemocional, vemos que a personalidade é, na verdade, um composto de camadas de condicionamentos na forma de instintos evolutivos de sobrevivência e influências da cultura, sociedade e família, todos distintos do nosso Ser Real.

 

Esse gradual reconhecimento da natureza limitante dos condicionamentos da personalidade naturalmente desperta a nossa mente superior, buddhi, que nos permite testemunhar pensamentos, sentimentos e crenças limitantes sem reprimir, reagir inconscientemente ou se identificar com eles como “eu” e “meu”. À medida que nos unimos mais profundamente com a mente superior, o testemunho torna-se espontâneo e natural, e gradualmente vamos liberando as nossas tendências de negatividade e hostilidade, e os sentimentos de inadequação ou incapacidade. Essa união com a nossa mente superior através do testemunho consciente é especialmente importante nos momentos em que experienciamos perda, dor e sofrimento, uma vez que, por trás de toda experiência de limitação, sempre existe a possibilidade de enxergar uma crença limitante que é a causa da dor psicoemocional.

 

Através da consciência e liberação de pensamentos, sentimentos e crenças limitantes, um espaço é criado para a compreensão do significado de Yoga como união no seu senso mais completo de união com o Ser Real. Esta união não é algo que criamos ou conquistamos, mas simplesmente é o enxergar claramente todas as crenças limitantes, confusões, falsas percepções e condicionamentos. Este Ser Real é a pura consciência, inerentemente pleno, o Ser Universal no coração de toda a criação, cuja verdadeira essência é união.

 

A natureza do Ser Universal e os meios para atingir essa união são esclarecidos por outras definições do Yoga, encontradas no Bhagavad Gita. A primeira destas está no Bhagavad Gita 2.50:

 

Yogaḥ karmasu kauśalam – Yoga é ação consciente

 

água, alvorecer, amanhecer

 

Ação consciente é a capacidade de enxergar claramente quem não somos (a personalidade condicionada) e quem somos (o verdadeiro Ser ilimitado). A ação consciente é expressada momento a momento na vida diária, através do testemunho consciente, observando os padrões e tendências psicoemocionais, sem reprimir, reagir inconscientemente ou identificá-los como “eu” e “meu”.

 

A ação consciente também é o respeito pelos nossos próprios padrões e tendências, reconhecendo que eles estão profundamente enraizados e, portanto, não são liberados com rapidez e facilidade. Trabalhar com esses padrões com habilidade toma tempo, paciência e compaixão por si mesmo e pelos outros, pois confrontar crenças limitantes com muita força pode acabar dando-lhes ainda mais força ou acabar fazendo com que elas se escondam ainda mais profundamente.

 

A ação consciente, portanto, abrange aceitação e respeito por nossa própria história, reconhecendo que cada passo, não importa quão doloroso, faz parte de nossa jornada de despertar. Ação consciente é também a integração de qualidades positivas, como amor, compaixão e generosidade na vida diária, de modo que sempre que a negatividade surgir, fazemos exatamente o oposto do que seria a nossa tendência inicial. Essa ação consciente no cotidiano permite-nos ver com absoluta clareza que o nosso propósito e realização nunca serão encontrados no nível da personalidade, mas apenas através da união com o nosso Ser Real.

 

A ação consciente naturalmente leva à equanimidade, que é destacada na próxima definição de Yoga, no Bhagavad Gita 2.48:

 

 Samatvam yoga ucyate – Yoga é equanimidade

 Através da união com o nosso corpo, respiração e mente, e a nossa capacidade de agir com habilidade, há um aumento natural na estabilidade psicoemocional, além de uma redução na confusão, no estresse e na ansiedade, que nos permite viver com mais equanimidade. A essência da equanimidade é a capacidade de ver desafios, questões e problemas como oportunidades para transformação e despertar, e não como emergências estressantes que precisam ser resolvidas, mudando pessoas ou coisas ao nosso redor. Essa mudança de atitude é fundamental para a união com o nosso Ser Real, pois enquanto vermos a vida como algo que precisa ser consertado ou melhorado, estaremos sempre buscando e lutando, sem nunca ver que, na verdade, somos o problema e também a solução que buscamos. Esta mudança de atitude permite-nos perceber todas as interações e atividades como oportunidades para um maior reconhecimento do nosso Ser Real, uma vez que, ao não reagir, damos um passo para trás para enxergar as tendências e os condicionamentos que causam repetidamente os mesmo “problemas” em diferentes situações. Equanimidade começa como uma prática que requer consciência e constante lembrança, mas, à medida que o condicionamento que causa sofrimento é liberado, experienciamos equanimidade continuamente, como um reflexo natural do nosso verdadeiro Ser.

 

O Yoga Sutras de Patanjali, 2.3, amplia a nossa compreensão ao focar no Yoga como uma metodologia para unir-se à quietude, que é a essência de nosso Ser Real:

 

Yogaś citta vṛtti nirodhaḥ – Yoga é o aquietar das atividades da mente

 

A união com o corpo, respiração e mente, junto com a crescente ação consciente e o aumento de equanimidade, resultam naturalmente em um aquietar da mente. A prática de Yoga cultiva quietude ao reduzir confusões, distrações e condicionamentos que nos impedem de enxergar o silêncio e a paz essencial de nosso Ser Real, que está sempre presente e a espera de ser despertado. O Yoga Sutras de Patanjali apresenta uma metodologia multifacetada para trazer a mente para um estado de quietude. Os Yamas, os preceitos éticos, reduzem os conflitos internos e externos. Os Niyamas, as observâncias espirituais, oferecem um roteiro para a jornada de despertar. Asana, as posturas de Yoga, liberam o estresse e as tensões do corpo, ao mesmo tempo que otimizam o seu funcionamento. Pranayama cultiva calma e tranquilidade, enquanto nos desperta para o corpo de energia sutil. Pratyahara gira os sentidos para dentro, reduzindo as distrações com o meio. Dharana, concentração, cultiva estabilidade psicoemocional e Dhyana, meditação, nos permite experienciar plenitude, integração e paz, que são reflexos de nosso Ser Real.

 

Cada um dos angas do Yoga, quando praticado diligentemente e sinceramente, nos prepara para a completa quietude da mente que é experimentada em Samadhi, a essência da prática de Yoga, segundo a perspectiva dos Yoga Sutras de Patanjali.

 

Yogaḥ samādhiḥ – Yoga é samadhi

Samadhi é um estado de profunda absorção meditativa, no qual nos concentramos exclusivamente no objeto de nossa meditação e também nos fundimos completamente com esse objeto, de modo que o meditador e o objeto da meditação se unam em uma única entidade. Existem vários níveis de Samadhi e, à medida que aprofundamos nossa prática, nosso objeto de meditação torna-se cada vez mais sutil, até que é completamente transcendido e permanecemos no puro Ser consciente, além do mundo dos pensamentos, conceitos, teorias ou crenças.

 

Neste nível mais profundo de absorção, todos os movimentos da mente, positivos ou negativos, naturalmente entram em quietude. Essa quietude não é, de forma alguma, vazia, mas preenchida por verdade, propósito, plenitude e paz, que nos absorve tão completamente que se torna a nossa única realidade. Nesse nível de Samadhi, todas as nossas definições de Yoga se fundem para formar uma mandala de união com o nosso próprio Ser Real, que é ao mesmo tempo, a verdade Universal no coração da criação. Esta experiência gradualmente permeia todas as atividades e todos os momentos da vida com a essência da verdade que é o nosso propósito e destino de nossas vidas.

 

 

A Formação Profissional em Yogaterapia Integrativa ensina a arte e a ciência de Yogaterapia, tanto para oferecer programas para grupos com condições de saúde específica como para sessões dedicadas às necessidades individuais.

 

A metodologia de como organizar grupos terapêuticos ensinada durante a formação, possibilita que os terapeutas formados possam criar os seus próprios programas de Yogaterapia em sua cidade.

 

Victor Perez, formado em 2010 e yogaterapeuta do programa “Coração Saudável”, do Instituto Yoga Integrativa, sentiu a necessidade de desenvolver um programa direcionado aos Servidores da Saúde, para cuidar de quem cuida. Utilizando todo o conhecimento adquirido na formação, Victor criou o “Cuidando do Cuidador”, um programa próprio realizado em parceria com a Secretaria da Saúde de Imbituba.

 

“A formação de Yogaterapia me proporcionou conhecimento para distinguir qual a ferramenta do yoga devo utilizar em cada situação, de forma correta e eficaz para o paciente. A Yogaterapia constrói um vínculo muito forte entre o paciente e o Yogaterapeuta, hoje brinco com as pessoas dizendo que é possível fazer até mesmo uma Yogaterapia familiar, atendo uma família de 4 pessoas cada uma em uma sessão, cada uma com sua individualidade”, explica Victor.

A Formação Profissional também possibilita que o yogaterapeuta formado ofereça sessões individuais de Yogaterapia.

 

A yogaterapeuta Cleo Weber, formada em 2015, se especializou em atendimentos individuais e conta que entre os seus pacientes as condições de saúde variam desde dores musculares, problemas de coluna até desequilíbrios na tireoide e esclerose múltipla.

 

“A Formação em Yogaterapia mudou o meu olhar; recebi conhecimentos profundos, ferramentas de Yoga, técnicas de respiração associada aos mudrás, técnicas de anamnese… Um vasto leque de recursos que permitem compreender os sistemas corporais em desequilíbrio e desenvolver um atendimento personalizado para a cura e a integração da pessoa como um todo.”, destaca Cleo.

Este é um curso de locação, promovido pelas Dras. María  Zorrilla &  Sol  Sananes e realizado no Centro de Yoga Montanha Encantada.

Para saber mais whatsapp 54. 370 4040 502  ou visite: @ayurvedaformosa@gmail.com /https://www.facebook.com/AyurvedaFormosa/   https://www.instagram.com/ayurvedaformosa/

Este é um curso de locação, promovido por JUST YOGA – Yasmine Tatim / Brasil, e Anthony Serpiello / EUA, e realizado no Centro de Yoga Montanha Encantada.

Para informações, entre em contato com a coordenação do curso: www.yogajustyoga.com / yogajustyoga@gmail.com.

Com Joseph Le Page e Rosana Reginatto

“A verdadeira Yoga é o desabrochar de todas as dimensões de nosso ser para viver cada momento da vida com mais clareza e alegria”

Sobre o programa

 Yoga Integrativa é uma das escolas de Yoga mais conhecidas no Brasil e no mundo. Sua principal missão é promover o bem-estar da pessoa em todas as facetas que compõem a sua vida, criando o alicerce que gradualmente restabelece o realinhamento da pessoa consigo mesma e com o mundo de relações que a cerca. Yoga Integrativa é o foco principal das práticas oferecidas no Centro de Yoga Montanha Encantada, em Garopaba/SC.

Neste programa, serão compartilhados com os alunos, de forma prática e vivencial, os aspectos singulares que fazem dessa abordagem da Yoga um convite à transformação da visão que se tem de si mesmo e do mundo.

Os conceitos fundamentais da Yoga são apresentados de forma leve e participativa. Através da utilização de diferentes ferramentas da Yoga, de exercícios e vivências na natureza, os alunos têm a oportunidade de experimentar a eficácia, profundidade e veracidade dos ensinamentos milenares, tão atuais e relevantes na vida moderna. Posturas de Yoga, técnicas respiratórias, relaxamentos e meditações se transformam em veículos de integração e revelação do Ser mais profundo que existe em cada um de nós. Através dessa metodologia experiencial de ensino da Yoga, os alunos integram, o conteúdo filosófico às suas vidas cotidianas, de forma natural, expandindo as fronteiras da visão da Yoga para além da sala de prática, possibilitando a dissolução de padrões limitantes e restritivos ao nível de corpo, mente e espírito.

O objetivo do programa

Introduzir conceitos básicos, teóricos e práticos de Yoga Integrativa.

O enfoque do programa

Explorando as cinco dimensões que compõem o Ser: níveis físico, energético, mental-emocional, discriminativo e espiritual (Os 5 Koshas)

Conhecendo os 8 principais veículos da jornada de autoconhecimento – Os 7 Ramos da Árvore do Yoga (os 8 Angas de Patañjali – Ashtanga Yoga)

Cultivando as qualidades dos 5 Grandes Elementos: terra, água, fogo, ar e espaço (5 Mahabhuta)

Viagem de integração dos 7 principais Centros de Energia – desabrochando o potencial interno na expansão dos níveis de consciência (7 Chakras)

A ciência da meditação incluindo técnicas básicas para meditar para entender o propósito e os benefícios da meditação

A quem se destina

A todos os interessados em conhecer melhor e experimentar as práticas integrativas do Yoga, quer sejam praticantes de outras abordagens ou iniciantes.

FERRAMENTAS DO YOGA

Consciência respiratória / técnicas de desbloqueio de padrões respiratórios / técnicas de respirações yoguicas (pranayama);

Sequências preparativas para a prática das posturas de Yoga: movimentos Somáticos Integrativos e aquecimentos conscientes;

Posturas de Yoga (asana): prática das posturas de Yoga em sequência, em permanência / Yoga em Dupla, Yoga Restaurativa, Yoga com acessórios (blocos, almofadas, faixas, parede);

Yoga Nidra (relaxamento profundo e consciente), conhecido como o Sono Yoguico;

Prática de Mudras (gestos com as mãos): para cultivar qualidades especiais, tais como autoestima, segurança, confiança, determinação, fluidez, clareza mental, discernimento, dentre outras;

Meditação guiada: abrindo o tema de cada dia;

Canto de bhajans, canções devocionais e mantras.

Ministrantes

Joseph Le Page

• Norte-americano, naturalizado brasileiro, com mestrado em educação experiencial.
• Fundador do Integrative Yoga Therapy, em 1993, uma das primeiras instituições a levar o Yoga para o sistema médico de saúde nos EUA.
• Nos últimos 20 anos, formou mais que 3.000 professores de Yoga e Yogaterapeutas pelo mundo.
• Fundador do programa de Yoga para Pacientes Cardíacos, no California Pacific Medical Center, San Francisco, CA, em 1995.
• Desde 1996, faz parte da equipe de professores do Kripalu Center, MA, o maior instituto de Yoga dos EUA.
• Fez parte da equipe de professores do Mestrado em Yoga, em Sonoma State University, e Antioch University, ambos na Califórnia.
• Joseph integra a visão do Yoga, da pedagogia e da arte de curar, formando um programa de ensino de Yoga criativo e abrangente. Seu enfoque é apresentar a riqueza e profundidade da ciência do Yoga de maneira altamente experiencial e de fácil compreensão e, sobretudo, com bom humor.
• Co-fundador do Centro Montanha Encantada, em Garopaba, SC, o maior centro de retiro de Yoga e auto-conhecimento da América Latina, inaugurado em 2003.
• Presidente do Instituto Yoga Integrativa, entidade sem fins lucrativos, localizada no Centro Montanha Encantada, que promove programas de autoconhecimento e bem estar, assim como patrocina programas gratuitos de Yoga e Yogaterapia para a saúde da comunidade;
• Joseph é co-diretor do programa de Yogaterapia Coração Saudável, realizado desde 2006 em Garopaba, SC, em parceria com o PSF-NASF de Garopaba.

Rosana Reginatto

Formada em Farmácia pela Universidade Federal de Santa Maria – RS, exerceu por 20 anos a profissão de bioquímica e farmacêutica. Na busca de uma vida equilibrada e na senda da jornada espiritual, encontrou o Yoga, no Centro de Yoga Montanha Encantada, onde fez diversas formações e atuou como professora assistente em diversos cursos como Formação de Professores de Yoga Integrativa, Yoga para Crianças, Chakraterapia, Asana Multidimensional, Formação Profissional em Yogaterapia, Expandindo os Horizontes como Professor de Yoga, entre outros.  Atualmente ministra a matéria de metodologia na Formação de Professores de Yoga Integrativa no Centro de Yoga Montanha Encantada. Terapeuta Ayurvedica formada pela escola Argentina de Ayurveda. Atuou como ministrante no Curso de Pranayamas, Mudras e Bandhas em 2013. Ministrante do curso A Arte das Mandalas desde 2008. Ministrante do curso de Chakraterapia desde de 2010. Estudante dos Yoga Sutras com o professor Carlos Eduardo Barbosa. Integrante da Associação Meditar, entidade que visa difundir a Meditação e a prática da Mente Atenta. Fundou o Espaço Shiva Yoga na cidade de Chapecó – SC, onde atuou entre 2007 e 2017. Diretora e professora do Pulsar Yoga Chapecó, (antigo Shiva Yoga) com aulas e cursos on line. Ministra palestras e workshops em diversas instituições como UNIMED, UNOCHAPECO, HEMOSC Chapeco, SENAI, SESI entre outras. Coordenadora e ministrante no curso de Formação de Professores de Yoga Integrativa formato extensivo na cidade de Chapecó – SC.

O programa inclui

• 4 pernoites

• 3 refeições diárias – comida lacto-vegetariana

• 1 prática diária de Yoga

• 1 prática diária de Meditação

• 1 prática diária de Yoga Nidra – relaxamento profundo

Certificação

Ao término do curso o aluno vai receber um certificado de participação do curso de Introdução à Yoga Integrativa, de 35 horas. Essas horas poderão ser contabilizadas como parte do certificado de 500 horas de Yoga Integrativa.

 Programação prevista

Primeiro dia (28 de agosto):

16:00 – 19:00 – Check in
19:00 – 20:00 – Jantar
20:30 – 21:30 – Palestra de Abertura

Programação diária

07:00 – 08:30 – Prática de Yoga/ Meditação
08:30 – 09:30 – Café da Manhã
09:30 – 13:00 – Aula
13:00- 14:00 – Almoço
14:00- 15:00 – Tempo livre
15:00 – 15:30 – Yoga Nidra
15:45 – 19:00 –  Aula
19:00- 20:00 – Jantar
20:30 – 21:30 – Atividade noturna/Tempo livre

Último dia (01 de setembro):

07:00 – 08:30 – Prática de Yoga/ Meditação
08:30 – 09:30 – Café da Manhã
09:30 – 11:00 – Check out

O Centro de Yoga Montanha Encantada oferece massagens relaxantes e outros procedimentos ayurvédicos: sauna, esfoliações, massagens nutridoras ou desintoxicantes, entre outras. Não incluso no pacote.

Investimento (acomodação por pessoa)

Acomodação Tripla: R$1.690,00
Acomodação Dupla: R$1.950,00
Acomodação Individual: R$2.195,00

Passo a passo para a sua inscrição:

  • Faça a sua pré-inscrição no link abaixo.
  • Aguarde nossa resposta por e-mail. Nela você receberá as orientações para efetuar o depósito de R$ 300,00. Este é o valor da taxa de inscrição e está incluído no investimento total do programa.
  • Após efetuar o depósito, envie uma foto do comprovante, devidamente identificado com o nome do aluno e do programa, para o e-mail programas@yogaencantada.org. Somente através desta comprovação é que sua inscrição estará garantida.
  • Retornaremos seu e-mail com as próximas orientações.

Opções de Pagamento

  • Transferência bancária
  • Depósito em conta
  • Cartão de crédito – parcelamento em até 4x

* 8% de desconto para pagamento à vista do investimento total, com 30 dias de antecedência do curso (até 28/07/19)

Obs.: Não aceitamos cheques.

Para maiores informações: programas@yogaencantada.org / Tel: (48) 3254-2112.

Pré-inscrição

Obs.: Cada participante deve fazer sua pré-inscrição individualmente.