Garopaba

A Região de Garopaba foi povoada por açorianos, alemães e italianos. A influência cultural dessa colonização está presente até os dias de hoje, nos carros de boi, rodas d’água e pesca artesanal. O povo dessa região está entre os mais pacíficos, amigáveis e receptivos da Região Sul do país.

Os Tupi-Guarani foram os primeiros habitantes da região onde hoje se localiza Garopaba. O nome da cidade significa “enseada dos barcos”, em Tupi-Guarani. A história de Garopaba remonta à época do descobrimento do Brasil. No ano de 1525, a “Baía de Garopaba” serviu como abrigo à expedição naval da cidade de Coruña, que a utilizou para abrigar-se de um temporal. O primeiro povoado surgiu em 1666, formado por imigrantes açorianos. Atualmente, Garopaba preserva seu patrimônio histórico, cultiva suas tradições culturais, e conta também com um diferenciado e atrativo setor comercial e de serviços, com destaque para o artesanato e a culinária. Garopaba é uma das cidades líderes em preservação ambiental, mantendo os limites de construção a apenas dois pavimentos e protegendo as belas vistas das praias, do mar, das montanhas e florestas.

Comentários estão fechados